fôlego

comecei esse ano com a cabeça fora d’água. não é só saturno que convoco, estou de volta ao sistema solar. eu vou ser ninguém, mas por aqui mesmo. vou te agarrar pelos cabelos, vida. eu não venho de hoje: sou das cavernas e minha caça é a vontade de (sobre)viver.

Anúncios

alumbramentos

esta casa está vazia

LIQUIDAÇÃO

A casa foi vendida com todas as lembranças
todos os móveis todos os pesadelos
todos os pecados cometidos ou em via de cometer
a casa foi vendida com seu bater de portas
com seu vento encanado sua vista do mundo
seus imponderáveis
por vinte, vinte contos.

(C.D.A.)

a epígrafe/epitáfio: a postagem última (e por fim pra sempre primeira), de Guilherme Freitas, em um blog antigo, coletivo e findo.