fôlego

comecei esse ano com a cabeça fora d’água. não é só saturno que convoco, estou de volta ao sistema solar. eu vou ser ninguém, mas por aqui mesmo. vou te agarrar pelos cabelos, vida. eu não venho de hoje: sou das cavernas e minha caça é a vontade de (sobre)viver.

Anúncios